Por expulsão no Gre-Nal, STJD pode punir Patrick até 2022

Antes de enfrentar o Atlético-GO, nesta segunda-feira, no Beira-Rio, o Inter ainda terá uma batalha fora de campo. O Jurídico do clube entrepará me campo para defender Patrick. O meia será julgado pelo STJD nesta sexta-feira e, se punido, poderá pegar até 10 jogos de suspensão. Caso isto aconteça, Patrick estará punido também para 2022, uma vez que restam apenas dois jogos pelo Brasileirão para se encerrar a temporada.

Patrick foi denunciados pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva em virtude de sua expulsão na história vitória de 1 a 0 no Gre-Nal 434.

Enquanto comemorava a vitória, carregando dois caixões tricolores, o lateral adversário Cortez, num rompante, voltou correndo a campo, a fim de interpelar Patrick. Os dois foram expulsos e citados em súmula no artigo 257 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD): participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente. Cuja pena varia entre dois e 10 jogos.

Caso ele seja punido por mais do que duas partidas, terá de cumprir a pena a partir da próxima competição organizada pela CBF, no caso, a Copa do Brasil e, claro, abrangendo também o Brasileirão de 2022.

Foto: Reprodução Première

Compartilhe:

Comentários