Jogador do Corinthians, acusado por Edenilson de injúria racial, responderá processo em liberdade

Rafael Ramos, lateral do Corinthians, foi preso por injúria racial, ainda no Beira-Rio, na noite desse sábado, após o empate com o Inter, e liberado depois de pagar fiança de 10 mil reais. Ele responderá o processo em liberdade. Ramos segue negando as acusações feitas por Edenilson.

Haverá desdobramentos também na esfera esportiva, uma vez que o árbitro citou em súmula a denúncia de injúria racial feita por Edenilson, que alega ter ouvido do lateral corintiano a expressão “foda-se, macaco”, conforme consta na súmula de Inter 2×2 Corinthians.

Ainda em súmula, a arbitragem consta que Ramos declarou ter dito a Edenilson “foda-se, caralho”, o árbitro Bráulio Machado relata ainda não ter punido o corintiano por não ter escutado a suposta injúria, em virtude do barulho da torcida. Ramos foi substituído logo após o incidente com Edenilson.

Aqui, tu acompanha tudo que rolou em Inter x Corinthians:

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Compartilhe:

Comentários