Inter recebe o 9 de Octubre com a missão de seguir em busca do Bi da Sul-Americana

O Inter volta a ter o “jogo mais importante do ano”. Esta noite, a partir das 21h30min, com um Beira-Rio para pelo menos 20 mil torcedores, o time de Mano Menezes tem a necessidade de vencer e, talvez, até golear o 9 de Octubre, para vencer o Grupo E, a fim de seguir às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Ocorre que o jogo do Inter estará diretamente ligado ao de Pereira (COL), entre Guaireña, vice-líder da chave, diante do também eliminado Independiente Medellín.

Se o Inter lidera o Grupo E, porque tem um gol a mais de saldo, o Guaireña leva vantagem sobre o Inter no critério gols marcados (9 a 7). Se Inter e Guaireña encerrarem a noite de terça empatados em pontos e no saldo de gols, o que definirá a vaga será justamente os “gols marcados”.

Confira o que o Inter precisa para se classificar (e apenas o campeão da chave passa):

O Inter precisa vencer os equatorianos do 9 de Octubre (que assim como o Independiente já está eliminado) pela mesma diferença de gols de uma possível vitória do Guaireña sobre o Independiente.

Ou

Ganhar dos equatorianos e contar com empate ou derrota do Guaireña.

Ou

Que ambos empatem os seus jogos

Ou

Caso o Inter perca para o 9 de Octubre, precisará que o Guaireña também seja derrotado pelo Independiente, pelo mesmo escore.

Portanto, o Inter precisará cuidar de seu jogo e, também, da partida em Medellín para seguir adiante no sonho de se tornar bicampeão da Copa Sul-Americana.

FICHA DO JOGO

BEIRA-RIO

21h30min

Inter x 9 de Octubre

A Maratona +Q45 se inicia às 20h

Inter

Daniel; Fabricio Bustos, Bruno Méndez, Vitão e Renê; Rodrigo Dourado, Edenilson, Carlos de Pena e Maurício; Wanderson e David (Taison). Técnico: Mano Menezes.

9 de Octubre

Pinos; Nazareno, Beccera, Darwin Torres e Manuel Lucas; Cazares, Da Luz, Luna e Jaramillo; Phillips Jr e Stephens. Técnico: Juan Leon

Arbitragem 

Yael Falcón, auxiliado pro Cristian Navarro e Pablo González (trio argentino)

Mais sobre Inter, aqui:

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Compartilhe:

Comentários