De repente, D’Ale?

Por enquanto, ao que tudo indica, ainda é sonho, um grande desejo. Mas… e se o Inter realmente assinasse com D’Alessandro e o inscrevesse no Gauchão?

O plano, ainda em sigilo, seria dar ao 10 (ou ao 15, o seu número de origem no Inter) um, dois jogos, ou até mesmo a chance de estar no elenco durante o Estadual.

Seria uma justa despedida, diante da torcida que o venera e, que, por enquanto, foi impedida de dizer um caloroso e merecido até breve.

O tempo dirá.

Foto: Divulgação Inter

Compartilhe:

Comentários