Com dois de Patrick, Inter faz 3 a 1 no América e se aproxima do G-4

Uma vitória com a marca do Pantera. Com dois gols de Patrick e um de Yuri, o Inter bateu o bom time do América por 3 a 1, em um Beira-Rio para 9.711 torcedores, e encostou de vez na elite do Brasileirão. Com 39 pontos, está um pontinho atrás de Corinthians e de Palmeiras e a três do Fortaleza, o terceiro colocado do campeonato. No domingo, o Inter vai a São Paulo enfrentar o Palmeiras.

Em um jogo que começou muito difícil para o Inter, Patrick marcou um golaço, aos 13 minutos, em rápida cobrança de falta de Dourado, e colocou o Inter na frente. O América era melhor em campo, o gol foi alivio imediato.

Um alívio tão imediato como breve. Aos 15 minutos, o América empatou, com Ademir, após falha geral da defesa. O empate foi sentido pelo time de Diego Aguirre, que demorou a responder de novo.

O América estava muito à vontade no Beira-Rio. O Inter não conseguia construir uma jogada mais perigosa de ataque, enquanto Ademir levava vantagem nos contra-ataques.

O primeiro tempo chegou ao fim sem que o Inter encontrasse soluções para vencer a partida. Lindoso, com uma lesão muscular, seria substituído no intervalo.

No segundo tempo, Johnny substituiu Lindoso. O Inter tentou resolver na vontade. Tentou aos poucos ganhar o meio-campo, mas sem grande sucesso. Yuri, aos 7 minutos, teve uma grande chance para marcar, mas bateu mascado, nas mãos do goleiro.

Enquanto isto, o América seguia perigoso a cada avanço. O Inter cresceu, passou a atacar mais, teve nova boa chance, após cruzamento procurante de Moisés, mas o placar seguia em 1 a 1.

Porém, aos 18 minutos, quando Maurício já sentia dores, devido a uma pancada, ele cruzou para o meio da área, onde, na marca do pênalti, Patrick cabeceou, se antecipando a zagueiros e ao goleiro do América. Um lindo 2 a 1.

Aos 26 minutos, Patrick saiu, com câimbras. Paulo Victor entrou em seu lugar. Em uma partida dura até o final, o Inter suportou a tentativa de reação dos mineiros e, quase ao final, Yuri ainda fez 3 a 1, no contra-ataque, conquistando mais um grande resultado no Brasileirão. Além disto, se tornou o artilheiro isolado do campeonato com 11 gols.

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Compartilhe:

Comentários