A estratégia do Inter, na briga com o Corinthians, para repatriar Yuri Alberto

Como não podia deixar de ser, a possibilidade de Yuri Alberto congelar o seu contrato com o Zenit e retornar ao Brasil, mobiliza o Inter.

As chances são remotas, mas elas existem. O Inter não tem condições de oferecer o (suposto) R$ 1,3 milhão ao mês, sugerido como oferta corintiana ao atacante do sorriso largo, porém, conta com o bom ambiente de vestiário, que Yuri já tem, além de um esforço para tornar o antigo 11 colorado o maior salário do clube.

O Inter teria condições de oferecer R$ 950 mil de salários a Yuri, mas, para isso, precisa aliviar a folha.

Rodrigo Dourado já saiu. Na lista de saídas (leia-se empréstimos ou rescisões) ainda estão os pouco utilizados Heitor (que renovou contrato, mas que deverá ser emprestado), Wesley, Bruno Gomes e Boschilia.

Além disso, o Zenit tem diversas parcelas a pagar por Yuri ao Inter, e isso também pode entrar no rol de quesitos na briga pelo atacante. Sem o mesmo poderio financeiro de seu concorrente direto, o Inter monta um pacote para tentar repatriar Yuri. Agora é esperar para ver.

Mais Inter? Aqui:

Foto: Ricardo Duarte/Inter

Compartilhe:

Comentários